VOTA
VOTE!!
http://www.ituga.com/

guppy

Ir em baixo

guppy

Mensagem  rita rita em Seg Dez 29, 2008 11:13 am


História
O Guppy foi descoberto por Peters em 1859. O seu habitat original distribui-se por Barbados, Brasil, Guiana, Trinidad e Tobago e Venezuela.

Contudo foram introduzidos noutros países para combaterem as larvas de mosquito e ajudar na luta contra a malária. Apesar de devorarem estas larvas, a sua introdução teve, em alguns casos, uma repercussão negativa da fauna endémica dos países. O guppy pode hoje em dia ser encontrado em todos os continentes, exceptuando na Antártica.

Os exemplares que se encontram nas lojas raramente são exemplares selvagens devido à facilidade de reprodução deste peixe em cativeiro.

É sem dúvida o mais popular peixe entre as espécies de desenvolvimento em cativeiro. Numerosos aquariófilos dedicam-se exclusivamente a esta espécie, criando belíssimos exemplares de colorido diverso e barbatanas de diferentes formatos. Devido à sua resistência e facilidade de reprodução são aconselhados para os iniciantes na aquariofilia.



Temperamento
Pacífico, o Guppy pode ser introduzido em aquários comunitários. Os machos podem por vezes mordem-se mutuamente, por isso geralmente aconselha-se a manutenção de um macho e várias fêmeas. Têm também uma predilecção por caudas exuberantes e podem tentar morder a cauda de outras espécies com longas barbatanas.

Os guppies alimentam-se das crias que produzem, se lhes for dado essa oportunidade. Por isso, estas devem ser alojadas em maternidades e protegidos com o aumento da flora no aquário.


Descrição
É resistente, pacífico, colorido e de fácil reprodução, ocorrendo esta uma vez por mês. O seu comprimento atinge, no macho os 3 cm e na fêmea os 6 cm. As espécies selvagens são castanho acizentadas, sendo o macho mais colorido.



Aquário
O Guppy é um peixe resistente. Gosta de viver em aquários com alguma vegetação, mas aproveitam bem todo o espaço livre do aquário.

O aquário deve ter no mínimo 40 cm de comprimento. Ou seja, um aquário de 30 litros pode alojar um três a quatro exemplares. A proporção de machos e fêmeas deve ser 1 macho para cada três fêmeas. Isto porque os machos tentam constantemente copular, o que pode causar stress numa só fêmea. Devido ao alto potencial reprodutivo, o aquário pode tornar-se facilmente sobrepovoado. Tenha em atenção a esta situação que pode acabar por ditar a morte de todos os exemplares.

Os guppies gostam de nadar perto da superfície.

A água deve ser limpa e ligeiramente alcalina com o PH em torno de 7.2. Os guppies preferem a água dura dureza, em média com o DH a 12.



Dieta
O Guppy é omnívoro, aceitando uma grande variedade de alimentos. Como alimento vivo, pode optar por larvas de mosquito, tubifex, drosófilas, artêmia salina, entre outros. Os flocos devem ser à base de plantas.



Variedades
O Guppy tem várias variantes de cor e formato de cauda criadas pela reprodução selectiva destes peixes. Caudas com uma espada, duas espadas, barbatana larga, rectangular, redonda, em espigão, etc. são algumas das formas que podemos observar.



Reprodução
A reprodução é ovovivípara, ou seja os macho copula com a fêmea, que usa o esperma para fertilizar os óvulos. Estes desenvoven-se dentro da fêmea mas sem nenhuma relação com ela, ou seja sem ligação da placenta. Findo o período de gestação, a fêmea liberta os ovos que eclodem pouco tempo depois. O nascimento dá-se entre o 28º e 36º dia, podendo nascer de 30 a 200 alevins de cada postura.

Quando a fêmea está grávida nota-se uma mancha acastanhada perto das barbatanas anais. A temperatura da água deve ser ligeiramente aumentada nesta altura, e mantida entre 26 e 28 ºC.
avatar
rita rita
Membro Woman
Membro Woman

Mensagens : 147
Data de inscrição : 15/11/2008
Idade : 26
Localização : lousada

Ver perfil do usuário http://www.interessante.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum